Se você ainda não ouviu falar sobre o termo Chatbots, com certeza já teve alguma interação com algum deles sem se dar conta. Desenvolvidos para automatizar e escalar o atendimento ao público, os assistentes virtuais, assim como também são conhecidos os Chatbots, nada mais são do que um software que gerencia uma troca de mensagens, podendo fazer uso de inteligência artificial ou não. A grande vantagem de sua utilização: atendimento 24 horas aos seus clientes e total imediatismo na resposta.

O que são os Chatbots?

Os Chatbots – abreviação de robô de chat – são robôs que conversam com usuários para resolverem problemas, vender um produto ou serviço ou esclarecer alguma informação relacionada ao negócio – e tudo de forma natural, como se fosse realmente uma conversa espontânea, de fato, com um humano do outro lado da tela respondendo ativamente de forma orgânica. Podemos encontrar esses robôs que conversam facilmente em diversos sites, aplicativos e ferramentas de troca de mensagens como Facebook Messenger, WhatsApp ou Telegram. Um grande exemplo e muito conhecido de Chatbot é a Siri da Apple, que arranca risadas e desconfiança de diversos usuários.

Como aplicar na sua empresa.

Uma oportunidade de implementar o uso de Chatbots em seus canais digitais é começando com seu uso em respostas de perguntas frequentes. É uma forma de você facilitar ao seu cliente o acesso a uma resposta de uma dúvida que é recorrente entre seus consumidores. Por outro lado, é preciso cuidado para não frustrar seu consumidor com um Chatbot mal estruturado e que não atende às expectativas de resolução de um problema. De antemão, os assistentes virtuais vão aprendendo com o tempo a interagir de forma mais eficiente nas conversas para identificar e resolver as questões colocadas pelos usuários.

Além de usar a ferramenta como um pronto atendimento de seus clientes, com o grande diferencial do atendimento ao cliente 24/7, você também pode incluir um fluxo de conversa relacionado ao financeiro de sua empresa, como solicitação de segunda via de fatura, consulta de valores, entre outros. E se esse for o objetivo, você também pode usar o assistente virtual de forma ativa para promover a geração de leads e potencializar novos negócios.

A conversa com seu consumidor deve partir de um fluxograma.

Para estruturar a interação com seu consumidor a partir do Chatbot, você deve elencar as perguntas frequentes dentro dos temas que terá disponível para conversa via assistente virtual e esboçar diversas variáveis de respostas e objeções dessas interações para deixar a conversa o mais natural possível e evitar interpretações erradas no Chatbot.

Já visualizou como poderá aplicar o Chatbot em seus canais digitais?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *