KPI de aplicativos: o que você não deve deixar de acompanhar.

Ao desenvolver um aplicativo você tem como objetivo cumprir algumas funcionalidades, promover facilidades ao seu usuário e até gerar vendas por este canal. Esses objetivos são passíveis de serem avaliados através de métricas pré-estabelecidas, que podem servir como termômetro de como está o desempenho de seu aplicativo: sua aceitação, navegação e retenção.

A forma de fazer isso é definir alguns KPIs (Key Performance Indicator), que em português significa Indicadores-chave de Desempenho. Dependendo do seu aplicativo, você terá uma gama de KPIs para acompanhar.

Neste artigo iremos mostrar alguns dos principais KPIs que você pode acompanhar dentro do universo mobile, com foco em aplicativos. Com os dados em mãos e sempre atualizados, você poderá tomar decisões e aplicar melhorias em seu aplicativo

Engajamento.
Medir o engajamento dentro de um aplicativo é muito semelhante ao engajamento dentro de um site ou rede social. Você vai avaliar a permanência do usuário em seu app (tempo de navegação), quais telas são mais acessadas, áreas mais clicadas e o número de usuários.

Esses dados podem ter dar subsídios se o seu app está atrativo o suficiente para ele permanecer ativo, ou se ele esbarra sempre em uma página específica, o que pode representar que essa tela tem algum problema de UX.

Downloads, instalações e desinstalações.
Acompanhar o número de downloads é uma forma de avaliar se seus esforços de divulgação do app estão saindo de acordo com sua meta. Mas não fique preso somente a quantidade de downloads: avaliar quantas instalações e desinstalações aconteceram em determinado período também são muito importantes.

E apenas um reforço: download é diferente de instalação. Você terá muitos casos onde seu usuário realiza o download do aplicativo na loja mas não chega a completar a instalação. Então, nesta fase, você tem uma perda natural de usuários.

Neste tópico você também pode acompanhar o custo por download e ter uma visão de quanto você investe para manter a operação x número de downloads realizados.  

Conversões.
Se o seu aplicativo promove vendas de serviços ou produtos você deve avaliar a taxa de conversão. Você pode fazer um cruzamento da quantidade de usuários que estão ativos em seu aplicativo com os usuários que realizam compras. Esse é um indicador de performance.

Não deixe de avaliar também a Taxa de Churn. Com este número você consegue acompanhar quantos usuários ativos optaram por cancelar uma inscrição ou desinstalar o aplicativo. Quanto menor for sua taxa, mais sucesso seu aplicativo está fazendo.  

Desempenho da tecnologia.
Acompanhar com uma certa frequência se o seu aplicativo não está apresentando falhas, ou se caso esteja, em quais momentos do dia e em quais telas ele deixa de funcionar, para que você possa tomar as devidas providências o mais urgente possível. Ao ter experiências negativas com seu app, o usuário pode acabar desinstalando e ainda avaliar de forma negativa.

O tempo de carregamento também é importante: estamos falando do universo mobile, da facilidade das coisas através do celular. Seu aplicativo deve ser rápido.

Avaliações têm peso extra.
Usuários felizes e com ótima experiência deixam comentários que incentivam a outros usuários a conhecerem seu app. Mas caso ele tenha tido alguma situação não tão boa assim enquanto usava seu aplicativo, ele deixará um review negativo e que poderá afetar no interesse de novos usuários.

Acompanhar quais são os principais elogios e reclamações é uma forma de ter uma avaliação qualitativa do app e trabalhar em cima desses itens.

Se interessou pelo assunto? Aqui nesse post nós falamos sobre 5 dicas para seu aplicativo ser um sucesso. Clique aqui e confira.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *