A tecnologia 5G vem sendo discutida globalmente e nos dias de hoje é muito aguardada devido suas grandes promessas. Inicialmente, seu principal objetivo é comportar o crescente volume de informações nunca antes trocado na história do mundo moderno, através de mais de bilhões de dispositivos sem fio espalhados pelo mundo afora. 

E mais que isso, suas principais entregas poderão revolucionar a forma que a sociedade se comporta, evoluindo a conexão entre objetos e transformando comunidades em cidades inteligentes. 

As grandes promessas
E o que isso significa? Para nós, como usuários, a expectativa é que devemos ter no futuro uma maior qualidade de conexão simultânea mesmo com uma intensidade de dispositivos conectados, já que estima-se que o 5G permitirá a conexão de 1 milhão de aparelhos por metro quadrado.

Outros grandes destaques do 5G é que com essa nova geração, os usuários passarão a ter mais velocidade para downloads e uploads – podendo chegar em cerca de 10x a 20x mais rápido – uma cobertura mais ampla e as conexões mais estáveis. Videochamadas, por exemplo, terão maior estabilidade e serão mais claros – sem tantos ruídos e interferências. Em resumo podemos dizer que o 5G vai trazer mais dispositivos conectados e com qualidade melhor do que conhecemos hoje. 

O momento definitivo para a Internet das Coisas
Como a tecnologia 5G permitirá uma quantidade maior de dispositivos conectados por metro quadrado, essa será a deixa para que a Internet das Coisas se torne realidade em nosso mundo.

Aqui estamos falando de sistemas de iluminação, eletrodomésticos, sensores de presença, equipamentos médicos, todos interligados de alguma maneira trocando informações de maneira jamais vista antes. Será uma revolução sobre como vivenciamos nossa casa, nossa relação com a medicina e com o cidade que vivemos. As mudanças serão profundamente sentidas pela sociedade como um todo.

Para quando podemos esperar a nova tecnologia.
Ainda temos um longo caminho a ser percorrido. Aqui no Brasil, a partir de 2021 deve-se iniciar licitações e ajustes necessários para a tecnologia ser embarcada em nossas terras brasileiras. Em uma visão mais comedida, avalia-se que a abrangência do 5G ocorra somente por meados de 2025, isso nas principais metrópoles do mundo.

Aposta-se que em 2023 pelo menos 50% dos modelos de celulares já tenham acessibilidade para a tecnologia 5G — sendo a China a principal responsável por comandar essa evolução. 

A notícia boa é que a popularização da tecnologia também pode trazer ao mercado aparelhos com um preço de venda cada vez menor. O objetivo é atingir daqui a três anos o padrão de dispositivos vendidos a uma média de US$ 495, ou R$ 2,6 mil em conversão direta de moeda.

Nos resta esperar e acompanhar a implementação desta nova tecnologia que vai transformar as relações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *